HigieneSaúdeSegurançaViagens

Dez perguntas frequentes sobre os protetores solares para bebés

16 Junho, 2017 0 comments

A primeira vez que o bebé vai à piscina ou à praia é um momento inesquecível para todos. Porém, não se esqueça que deve proteger a pele delicada do seu bebé com um protetor solar adequado. Sabe como escolher o protetor indicado? Não se preocupe. Vamos analisar as perguntas e os erros mais comuns para ajudar a proteger o seu bebé.

 

A partir de que idade o bebé pode utilizar protetor solar?

Segundo especialistas, não se recomenda expor os bebés ao sol até aos seis meses de idade, visto que a pele dos recém-nascidos é muito sensível à radiação UVA e aos efeitos de desidratação. O melhor é colocar o bebé à sombra e usar um guarda-sol ou roupa fresca para o proteger do sol. Em geral, as crianças com menos de três anos não devem ser expostas diretamente ao sol.

Então, porque é que existem protetores solares recomendados a partir dos 0 meses?

Existem dois tipos de protetores solares: os de filtro físico que criam uma camada protetora e não são absorvidos pela pele, e os de filtro químico, cujos filtros são absorvidos pela pele. Para as crianças com menos de seis meses recomenda-se usar os protetores de filtro físico, pois os de filtro químico podem causar reações alérgicas. Os cremes de filtro físico normalmente deixam uma camada branca na pele no entanto, deve consultar sempre as instruções para ter certeza de qual está a usar.

Qual é o fator de proteção solar mais adequado para o bebé?

Recomenda-se utilizar um fator de proteção como mínimo de 30 e superior se a pele do bebé for muito branca. Além disso, deve certificar-se se o creme protege contra a radiação ultravioleta B (UVB – que causam queimaduras superficiais) e ultravioleta A (UVA – que causam o envelhecimento da pele e a longo prazo, aumentam o risco de cancro de pele). Lembre-se que a pele tem memória e as lesões acumulam-se desde a infância.

Quantas vezes devo aplicar protetor solar ao bebé?

Segundo especialistas, o protetor solar deve ser aplicado meia hora antes da exposição solar e voltar a aplicá-lo de 2 em 2 horas ou, de cada vez que o bebé for à água. Deve aplicar o protetor solar sobre a pele seca, em todas as partes do corpo expostas ao sol, sem esquecer as áreas como o rosto, pescoço, cabeça, ombros, peito, orelhas, mãos e peito do pé. Como os lábios também se queimam, deve usar um protetor labial específico.

Os protetores solares podem causar reações na pele?

Os protetores solares para bebés são especialmente concebidos e testados para evitar reações cutâneas. No entanto, há sempre algum risco porque a pele das crianças é muito sensível. A primeira vez que vai aplicar protetor solar no bebé, tente primeiro aplicá-lo numa pequena área para verificar se há alguma reação. No entanto, não se esqueça que no verão, há reações na pele que podem aparecer devido a outras causas, como por exemplo, as espinhas fruto do suor, a sudâmina ou miliária.

Posso usar um protetor solar do ano passado?

Não é recomendado. Os produtos cosméticos devem indicar na parte traseira ou na base da embalagem a data de validade depois de estar aberto e, geralmente, é entre seis e doze meses. Após esse período, o principal risco não é causar reações na pele, mas sim, a perda de eficácia na proteção da mesma. Portanto, não é recomendável continuar a usar um creme aberto do verão passado, especialmente, se tiver sido exposto à luz solar ou a altas temperaturas.

Sugerimos alguns cremes disponíveis na Bebitus:

Qual é o melhor formato: creme, spray, gel, etc.?

Atualmente existem muitas marcas de protetores solares para bebés disponíveis em diferentes formatos: cremes, sprays, géis, barras, roll-on, etc. Em princípio, todos são eficazes se forem usados corretamente. No entanto, tenha em mente que quanto mais gorduroso for o produto, mais tempo fica agarrado à pele.

Se estiver nublado ou não fizer calor posso prescindir do protetor solar?

Não. Os raios ultravioleta atravessam as nuvens, e até os guarda-sóis, além de se refletirem na água e na areia. Por isso, a pele do bebé está exposta aos perigos do sol, mesmo quando este está escondido atrás das nuvens ou quando não sinta tanto calor. Sempre que o bebé estiver ao ar livre deve protegê-lo com um protetor solar adequado. Isto também inclui a montanha, porque embora seja mais fresco, a radiação solar é mais forte.

Qual é o melhor horário para ir à praia com um bebé?

Evite as horas de maior luz solar, ou seja, desde as 11h até às 16h. Para ir com o bebé à praia, é melhor no início da manhã ou ao final da tarde. Também não deve estar muitas horas seguidas, pois tanto o sol como o calor podem causar desidratação ou risco de insolação nos bebés, que ainda não têm o controlo da temperatura corporal bem desenvolvido.

É necessário o bebé apanhar sol?

Os bebés precisam de apanhar sol para receber a vitamina D, isto é, um componente essencial para o desenvolvimento adequado dos seus ossos. Contudo, não precisa de apanhar sol ou ficar moreno para produzir vitamina D. Para isso, basta sair à rua. Lembre-se: a pele do bebé é muito sensível, portanto, o risco de sofrer uma queimadura solar é maior do que a de um adulto, até mesmo, quando a exposição solar é breve.

Qual é o protetor solar que recomenda para bebés? Já usou vários? Conte-nos a sua experiência! 

 

Também vai gostar de ler...

Leave a Comment