Deve saberDicas e sugestõesEm casaSegurança

Como preparar o seu animal de estimação para a chegada do bebé

25 Julho, 2017 0 comments

Alguns pais têm receio de que com a chegada de um bebé à família que inevitavelmente devem dar para adoção ou abandonar o seu animal de estimação. No entanto, se seguir uma série de precauções, os bebés e os animais podem conviver normalmente e aliás recomenda-se! 

Primeiro, é imprescindível ter um cuidado especial com a higiene do animal e do ambiente envolvente e tenha especial atenção a que o seu animal de estimação esteja devidamente vacinado e desparasitado. Nunca é demasiado submete-lo a uma avaliação veterinária profunda antes que o bebé nasça para descartar qualquer problema que possa estar “escondido”.

Depois, será necessário que limite bem as zonas da casa onde o animal possa movimentar-se; o quarto do bebé não deve ser uma delas, para evitar de que o “contamine” com pelos, pulgas, carrapatos, etc. Também é aconselhável limpar muito bem a sua casa com um aspirador com filtro antialérgico que consiga eliminar a maior parte das partículas problemáticas.

Como qualquer outro membro da família, os animais de estimação também notam as alterações que implicam a chegada de um novo membro à família e assim convém que prepare com antecipação a sua casa, reforçando os hábitos e disciplina e permitindo-o cheirar de forma controlada os novos elementos que vão incorporando como o berço, o carrinho do bebé, etc. Se a chegada do bebé significar alterações na sua rotina, convém começar o quanto antes para que não associe esta mudança a “agressão” ou “invasão do seu espaço” com a chegada do recém-nascido.

Geralmente, todos os animais domésticos reagem positivamente aos bebés, de modo a que não tenha medo em deixá-los juntos. De todas as formas, se o animal mostra atitudes hostis, o melhor é que tenha permanentemente controlado e consulte um profissional para ver os passos que possam dar com o fim de reconduzir a situação.

Finalmente, um conselho de sentido comum que não deve esquecer em nenhum momento: por muito bons que sejam os bebés e os animais, NUNCA os deixe sozinhos sem supervisão, tanto por segurança como por higiene.

Tem animais? Como reagiram com a chegada do seu bebé? Partilhe connosco a sua experiência.

Imagem: Xio(quase que)mara

Também vai gostar de ler...

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.